domingo, 21 de setembro de 2008

Estou à procura dos velhos cabelos brancos, das velhas rugas e do andar cansado. Das crianças descalças, sem camisa – ou com ela rasgada – correndo na rua e ouvindo xingamento dos carros que por ali passam. Mas nada é como era, certo? Já vi muita dessas cenas, mas na outra rua vejo as ‘crianças século vinte e um’ com suas Barbies na mão, chorando pela coroa e rindo das outras. As pessoas não mudam, não por vontade própria – dá muito trabalho, igual ao barbante laçado ao braço: pra que tirar se não atrapalha? Mas começou a encher, agora como faço pra mudar? Eles realmente têm medo, porém eu sou somente alguém que não gosta de ser quem é, da vida que tem e os admira por tantos amigos e pela saudade que sentirá dos mesmos. Eu não chorei e os invejei por ter algo que os fará falta. Os invejei por tantas coisas. Apesar de serem assim, tão normais, são. E agora fico me perguntando: seria, eu, o vermelho ou as tantas outras cores? Farei eu falta pra eles com imagino que farão pra mim? Se lembrarão de mim como a menina estranha, tímida e quieta? Não é o que quero – é o que sou. Mas não totalmente, oras, quem me conhece sabe. O resto? O resto tem medo de saber.

8 comentários:

jaka disse...

quem procura acaba achando!

Nadin disse...

E mais uma vez, tenho que concordar... apesar de sempre naum parecer que concordo!
As pessoas saum o que saum... ate o sistema muda-las... so alguns individuos... como individuos se alteram!
Agora... se lembrará de vc quem se importa contigo! O resto? Ai te digo... que se fodam... resto eh resto!
Ate que timida as vezes concordo... mais estranha e quieta ficar por conta de vc mesma... timidez eh de dentro... os outros dois... entra naquilo que vc mesma criticou... capacidade de alterar!
Concorda?

Baum... eh isso... falar de mais naum... tem muito misterio por ai!!!

IHIIHI

Bjux Re

Tudo di bom!

Prolixo Lacônico disse...

Profundo...

30 e poucos anos. disse...

É triste qdo a mudança é pela dor e tira a essencia principal da pessoa...quando muda por amor é evolução!

Prolixo Lacônico disse...

Passando aqui de novo...
tava olhando la no blog...
muito boas as suas musicas...

you're no fun any more disse...

ao menos você ainda vê crianças com barbies. eu que vejo só as que dançam créu.

see ya.
you're no fun any more.

Natane disse...

yohoo... Pessoas que a gente tem que ver por ai é fogo... acho que as vezes o melhor é fechar os olhos e passar ignorando, embora as vezes elas convivem com a gente e infelizmente elas nos deixam irritadas. É a diversidade de pensamentos, muitas vezes é bom pra crescer a nossa opinião, ou a muda-la quem sabe. Porém tem aquelas que simplesmente não vale nada, ou vale pra atrapalhar.
Não sei se vou fazer tanta falta pra vc do que vc pra mim... eu não suportaria...

Ramon Assis disse...

Vc tá precisando gritar: Que undegrounnnnnnd!

Brincadeira

Eu acredito que as pessoas mudam sim, individualmente, mas a sociedade não.
Achei extremamente interessante o modo como vc descreveu o momento e soube utilizá-lo para refletir.
Ah, eu sempre irei lembrar de vc.
E vc é muito mais do que isso.
E continue querendo ser diferente dessa coisa toda. Acho que isso nos faz sentir vivo, pq o resto, o resto são pedras, pedras medrosas.

Beijo-