terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Ainda não passei por todas as situações, não posso te entender.
Me mate se for o caso, me mate se não eu puder saber.
Mas saiba que não é minha culpa, sou muito velha, já não posso compreender.
Não opine sobre algo que não saiba,
Cale sua boca e deixe a religião te conduzir, como um cordeiro que segue um pastor.
Aprenda que nada é como parece ser.

Mas Jesus não é meu pastor,
Já não preciso de um desses pra aprender
Nada é como parece ser, e eu só não posso te entender.

há tempos, escrito.

5 comentários:

Juliano Jacob disse...

Excelente texto... Na medida... Parabéns pelo Blog...

Ramon Assis disse...

Mudando o estilo.
Gostei.

E como o mesmo texto diz.
Não vou opinar, sobre qual a verdadeira situação do texto.

Tchau, e se cuida.
E pense em como fazer uma chapinha para cabelos tão curtos.

Andressa m disse...

seu blog lembra os velhos tempos, tardes e tardes a ler textos...

muito bom. mesmo

douglasfert disse...

"Jesus não é mais o meu pastor".

É engraçado como esta afirmação pode chocar as pessoas. Eu destaco as pessoas que a proferem, outros a condenam.

Belo texto. Todo o Blog tem bons textos.

Parabéns.

Renan In Chains disse...

Lembro-me do dia que escreveu essa letra =]