domingo, 10 de agosto de 2008

Nunca poderei dizer com convicção: sou triste. Tristeza é um estado passageiro, felicidade é vida. Presente, passado, futuro, escolhas. Olho pra trás e o que penso: valeu a pena. Olho pro presente e penso: não me arrependerei. Olho pro futuro e penso: eu vou conseguir. Olho minhas escolhas e as compreendo. Não me arrependo, não me permito fazer isso. O que fiz tem um motivo, tem explicação (por mais besta que esta possa ser). Mas não sou perfeita e faço coisas erradas: não fico me martirizando por isso, me desculpo e se houver o porquê peço desculpas não me importando se serão aceitas ou não – fiz o que acho certo e pronto, nossa consciência é o que nos dirá se vamos pro paraíso ou não. Religiões radicais não servem, deixar sua vida na mão de outro não presta, ter seu próprio jeito de pensar sem medo de errar é o que há.

5 comentários:

Ramon Assis disse...

ter seu próprio jeito de pensar sem medo de errar é o que há.

Esse é o grito de guerra.
Eu não acredito na tristesa, e sim na consciencia de ter-se arrempendido de ter ou não ter tomado aquela decisão.

Eu nunca me arrempendo, e me sinto deproporcionalmente feliz.
E Viva e viva!
Continue vivendo!

www.assiris.blogspot.com

Renan in Chains disse...

Você é você, eu sou eu, o Pelé é o Pelé, o Layne Staley é o Layne Staley... você já é especial como você é...agora continue sempre sendo você e nunca se perca pelo caminho de si mesma e nunca deixe o volante de comandar...não se assuste se eu te disser que a vida é boa, Renata.
=]

Como disse o cara do Lisbela e o prisioneiro (esqueci o nome do personagem) "A vida é como andar de bicicleta, se a gente parar nóis cai"

Ramon Assis disse...

Respondendo ao Renan

É possivel parar sem cair da bicicleta, é só ter os pés no chão.


Aff, coloquei "arrempendido"

Mortais disse...

*_*
O texto é sem dúvida lindo e verdadeiro.. (vc quem fez??)
Não há motivos para se arrepender msm, só admitir. E é, nós fazemos o nosso destino e ninguém escolhe por nós... *aula de en. religioso passa na cabeça*
E eu tenho que tentar não é...
=/
sem medo de errar certo?
o tempo corre e eu aqui só observando, eu vou procurar um pouco desse tipo de coragem que eu preciso... tentarei, pelo menos...

Nadin disse...

Até parece que não foi você quem escreveu viu! O.o

UAHAIUHUAIHUIAIUA

Fala sério, quanto otimismo!
Seja sempre assim!

E sobre a bicicleta, e os pés no chão. Eu já tomei muito mais tombos em movimento, do que parado! Na verdade parar e cair, isso é fim de carreira!

O segredo é: Levante! Sozinho ou não, mas o chão não é seu lugar!

E é isso!

Bjux lindinha

>< saudade da diabinha!